Jeitinho brasileiro?

Com a novela dos escândalos políticos, convencionou-se dizer que o povo brasileiro participa da cultura da desonestidade; que os casos envolvendo lideranças governamentais e empresários são apenas a ponta do iceberg, uma vez que todos nós somos coirmãos na prática do “jeitinho”. Leio artigos e vejo vídeos de intelectuais famosos encantando suas plateias com lindas … Continue lendo Jeitinho brasileiro?

Resenha de meu romance “Quase negros”

Há dubiedade em mim. Sento na sala desfeita com baixa luminosidade e sinto o vento que sopra em meu rosto. Por um momento, paro de escrever e ouço o cachorro uivando na rua. O céu da cidade é muito iluminado. Tão bem iluminado e carregado de nuvens que, dentre os tons rosados da poluição, vê-se […] … Continue lendo Resenha de meu romance “Quase negros”

Diretrizes para o exercício consciente, mas antipático, da inteligência

Começo pelo antipático, pois é muito difícil ser simpático sendo inteligente. Então é pegar ou largar, e se valer a sugestão, largue e não exercite. É que um dos exercícios para refinar essa faculdade consiste em esgotar os pensamentos até que eles se revelem corretos ou incorretos. E isso só é possível pondo cada um … Continue lendo Diretrizes para o exercício consciente, mas antipático, da inteligência

Lugar nenhum

[por Filipe Marson] Nunca pude negar meu desejo por filmes, as pessoas ultimamente estão vidradas em séries, dessas televisas que raramente possuem uma sequência breve. Os filmes pelo contrário, a maioria deles já te confiam de cara seu final, acabando logo com a ansiedade gerada. Um dos filmes que marcou a trajetória do cinema nacional, … Continue lendo Lugar nenhum

Primeira resenha de meu livro “Felicidade”, pelo blog “Páginas Errantes”

Um ano atras, talvez, eu criei esse blog. Estava miserável, sentia falta da poesia e da literatura na minha vida. A melancolia costumava transitar com uma rebeldia sem explicação. Odiava meu curso, meus professores, meus pais, a mim mesmo. Reconhecia em mim imaturidade, imperfeição, falhas de caráter e falta de motivação. Foi logo depois […] via … Continue lendo Primeira resenha de meu livro “Felicidade”, pelo blog “Páginas Errantes”