Quem sou eu?

Houve tempo em que, iludindo-me a mim mesmo, tentei me firmar como escritor. Não o sou. Trabalho como professor de história, é meu ganha-pão e uma de minhas alegrias, mas não me defino pela profissão que exerço. Sou pai e esposo, mas também não posso me apresentar como tal sem incorrer em erro. Nem tampouco…