Cotas raciais?

A política de cotas raciais faz parte das ações afirmativas adotadas no Brasil há alguns anos, as quais objetivam eliminar ou mitigar desigualdades históricas geradas pela discriminação racial, étnica, religiosa, de gênero, entre outras, e promover  a igualdade de oportunidades. Dentre as ações afirmativas, as "cotas raciais" nas universidades públicas sofrem a oposição dos defensores … Continue lendo Cotas raciais?

Colagem de amor

[Por Vanessa Bortulucce, Historiadora da Arte] "Façamos colagem de amor. Pegar pedaços de papeis bem pequenos, recortes de textos, frases soltas, um pouco daquela música, colar no rosto dele, construir o teu desejo, o teu, apenas o teu, que se dane o dele. Espalhar a mão dela, que já conhece bem aquelas artes, pelos quadris … Continue lendo Colagem de amor

Ensino e indústria

Em minha modesta opinião, aulas não deveriam ser dadas em série, uma após a outra até o esgotamento da energia de professores e alunos. Sei bem o que é isso: muito antes de começar a lecionar, trabalhei como operário na linha de montagem industrial. Nela eu não tinha tempo de pensar, refletir, imaginar ou criar. … Continue lendo Ensino e indústria

Jeitinho brasileiro?

Com a novela dos escândalos políticos, convencionou-se dizer que o povo brasileiro participa da cultura da desonestidade; que os casos envolvendo lideranças governamentais e empresários são apenas a ponta do iceberg, uma vez que todos nós somos coirmãos na prática do “jeitinho”. Leio artigos e vejo vídeos de intelectuais famosos encantando suas plateias com lindas … Continue lendo Jeitinho brasileiro?

Promoção – meus livros baratinhos

Capellari

Aproveitei a licença da Amazon e ofereci meus dois romances publicados pela Kindle gratuitamente entre os dias 08 e 12 de agosto. São eles: Quase Negros (3a. edição) e Felicidade, substantivo feminino.

Centenas de leitores baixaram os livros e agradeço a cada um deles, pois agrada ao escritor, antes de tudo, ser lido. Críticas são super bem-vindas.

Como a promoção oferecida pela Amazon é por tempo limitado, consegui agora reduzir o preços até o limite permitido pela editora, o equivalente a 1 dólar cada livro.

Quem ainda não conseguiu baixá-los, se desejar pode adquiri-los pelo valor “simbólico” de 3 reais e alguns centavos.

Espero que gostem.

Ver o post original

Resenha de meu romance “Quase negros”

Há dubiedade em mim. Sento na sala desfeita com baixa luminosidade e sinto o vento que sopra em meu rosto. Por um momento, paro de escrever e ouço o cachorro uivando na rua. O céu da cidade é muito iluminado. Tão bem iluminado e carregado de nuvens que, dentre os tons rosados da poluição, vê-se […] … Continue lendo Resenha de meu romance “Quase negros”

Diretrizes para o exercício consciente, mas antipático, da inteligência

Começo pelo antipático, pois é muito difícil ser simpático sendo inteligente. Então é pegar ou largar, e se valer a sugestão, largue e não exercite. É que um dos exercícios para refinar essa faculdade consiste em esgotar os pensamentos até que eles se revelem corretos ou incorretos. E isso só é possível pondo cada um … Continue lendo Diretrizes para o exercício consciente, mas antipático, da inteligência

Primeira resenha de meu livro “Felicidade”, pelo blog “Páginas Errantes”

Um ano atras, talvez, eu criei esse blog. Estava miserável, sentia falta da poesia e da literatura na minha vida. A melancolia costumava transitar com uma rebeldia sem explicação. Odiava meu curso, meus professores, meus pais, a mim mesmo. Reconhecia em mim imaturidade, imperfeição, falhas de caráter e falta de motivação. Foi logo depois […] via … Continue lendo Primeira resenha de meu livro “Felicidade”, pelo blog “Páginas Errantes”