Sonhos e cervejas

Eu gostaria de tomar uma cerveja com o jovem desconhecido que fez boca de urna comigo nas eleições de 1989. Não me lembro de seu nome. Sei que era estudante da PUC da Rua Monte Alegre, se não me engano de Sociais ou Geografia.

Estávamos na esquina da Angélica com a Barros, um dos enclaves do candidato Fernando Collor, ambos de camiseta branca com uma estrela vermelha sobre o coração. Portávamos um embornal com alguns panfletos e a língua com uma artilharia de argumentos contra a candidatura fake (não existia essa expressão na época) criada pela Globo para evitar a vitória da esquerda. Havíamos assistido ao último debate e também à edição manipulada que apareceu no Jornal Nacional e que, supúnhamos, levaria o candidato em questão a ganhar.

A breve amizade nasceu dos comentários que fazíamos entre uma abordagem e outra a eleitoras e eleitores que paravam para nos ouvir: empregadas domésticas e porteiros dos chiques edifícios de Higienópolis.

Tivemos alguns sucessos e também ouvimos muita malcriação de senhores e senhoras de bem que nos acusavam de algo absolutamente lisonjeiro: de sermos esquerdistas. O que era ofensa para eles soava como elogio para nós.

Mas enfim, quando o sol se pôs, encontramos um bar que vendia cervejas. Juntamos nossos trocados e esvaziamos um engradado para afogar a tristeza.

Sabíamos que a direita havia vencido novamente.

2 comentários em “Sonhos e cervejas

  1. Tempos sombrios, Capellari, sempre aparecem depois de tempos em que o céu começa a clarear. Lutar é um estado de natureza na América Latina e em qualquer periferia do mundo. Cansar não é uma opção: o outro lado luta em iates e fora do país, mas nossa batalha é em sala de aula, é tentando ganhar o suficiente pra sobreviver e ter um pouquinho de “luxo”: bons livros, cinema, TV, etc. Mas, no fim, concordo com Hegel e Marx em um ponto pacífico: cabe aos que estão por baixo lutar por emancipação, porque os escravizadores são apenas escravos com roupas melhores. São dependentes de nós.

    Curtido por 1 pessoa

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s